domingo, 17 de outubro de 2010

Indígenas da Aldeia Tremembé de Queimadas participam do curso de Olericultura Orgânica do SENAR/CE


Um grupo de indígenas de Queimadas participou do curso de Olericultura Orgânica promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR, entre os dias 12 e 16 de outubro. A proposta do curso surgiu quando o Supervisor Técnico da Instituição, Sérgio Oliveira esteve supervisionando o curso de Avicultura Básica, realizado em agosto. Na ocasião, ele foi convidado pelo técnico Tiago Silva a conhecer a área de produção de hortaliças de Queimadas, onde surgiu a proposta de realização do curso de Olericultura Orgânica, com o objetivo de aprimorar o conhecimento dos indígenas. A partir da proposta, os técnicos do CRAS e da Secretaria de Agricultura fizeram a solicitação junto ao SENAR.

 O curso veio numa hora estratégica, tendo em vista que os olericultores de Queimadas necessitavam aprender a produzir defensivo natural para combater algumas pragas que estavam agredindo as hortas. Diante da demanda gerada pelo próprio grupo, o técnico Sérgio Henrique, facilitador do curso, foi conduzindo o curso a partir da necessidade apontada pela comunidade.
Momento teórico


Fazendo o "limpo" para a construção dos canteiros

Durante os cinco dias do curso, os participantes se dividiram entre momentos teóricos e práticos, sendo o segundo e maior carga horária. Entre as técnicas ensinadas no curso, foi visto a construção de canteiros, análise e reconhecimento do solo, correção e adubação do solo, produção de defensivos naturais, compostagem.
Levantando os canteiros

Fazendo a adubação
 Ao final do curso, o grupo se reuniu e os participantes puderam avaliar principalmente o rendimento do curso e o conteúdo. Alguns índios puderam expressar a satisfação pela realização do curso, que há algum tempo era esperado. Alguns se sentiram aliviados pela eficácia dos defensivos produzidos que foram aplicados e exterminaram algumas pragas que estavam se aproximando de algumas culturas como o tomate e o coentro.

Montando a irrigação
Preparando defensivos naturais

 Com este o curso, os Tremembé de Queimadas dão mais um passo para a consolidação da produção de hortaliças e frutas, que tem contribuído para uma mudança significativa das condições de vida das famílias, garantindo a segurança e soberania alimentar e a geração de trabalho e renda na comunidade.

Produção de defensivos naturais: tarefa cumprida

Finalizando com a compostagem