sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Comunidades Tremembé de Acaraú tem dois projetos aprovados pela Carteira Indígena

Hoje é um dia histórico e de muita felicidade para as mulheres Tremembé de Queimadas e Telhas, e para nós que acompanhamos as comunidades. Tivemos os dois projetos aprovados pelo Comitê Gestor da Carteira Indígena. 
Neste momento as duas comunidades já foram comunicadas e já recebo as primeiras mensagens de algumas mulheres Tremembé, expressando a felicidade da conquista.
São dois projetos "pequenos", porém, com um significado tremendo diante do processo de organização sociopolítica, produtiva e cultural das duas aldeias. É mais um passo que elas vão dar para garantir a segurança alimentar e nutricional, mais autonomia e fortalecer o trabalho solidário e cooperativo.  
Os projetos foram aprovados com condicionantes, deverão atender às condições impostas pela Comitê, mas isso não diminui nossa imensa alegria. Iremos corrigir o que for preciso, mas o importante é OS PROJETOS FORAM APROVADOS!!!

Segue o texto do site da Carteira Indígena (mma.gov.br)



PROJETOS APROVADOS NA CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS
JUNTO ÀS MULHERES INDÍGENAS

A coordenação da Carteira Indígena - CI torna público o resultado da 34ª Reunião do Comitê Gestor - CGCI, realizada em Brasília, no período de 29 de novembro a 02 de dezembro, que apreciou os 65 projetos habilitados na Chamada Pública de Projetos junto às Mulheres Indígenas. Deste total, foram aprovados 37 projetos, dos quais 26 serão apoiados, no valor total de R$ 1. 225.440,73, considerando disponibilidade orçamentária maior que a anunciada originalmente na Chamada, (um milhão de reais).
As proponentes dos 26 projetos aprovados serão comunicadas sobre a deliberação do CGCI, brevemente. Os projetos aprovados com condicionantes deverão atendê-las até 10 de janeiro de 2011 (conforme cronograma da Chamada).